Publicado em Deixe um comentário

Margarita

Receita original do famoso drink mexicano

Ingredientes

  • Cointreau – 30 ml
  • Suco de limão Taiti – 30 ml
  • Tequila – 60 ml
  • Gelo – o quanto baste
  • Açúcar – 1 colher de café

Em uma coqueteleira, coloque gelo, açúcar, Cointreau, suco de limão e tequila.

Agite até o copo ficar gelado.

Passe limão na borda do copo. Coloque sal em um prato raso e mergulhe a borda do copo.

Coloque o drinque no copo, sem o gelo.

Para a borda: Limão e Sal

Publicado em Deixe um comentário

Receita: Merengue de Baileys e Morango

Surpreenda na sobremesa.

Preparo: 15 minutos

Cozimento: 4 minutos

Rende mais de 6 porções

1. Pronto pra colocar esse trio em ação? Comece misturando 3 claras de ovo com 1 xícara de chá de açúcar refinado e leve ao fogo em banho-maria por cerca de 4 minutos até a mistura ficar lisa e sem grãos de açúcar. Só preste atenção para não cozinhar as claras.

2. Depois, coloque a mistura quente na tigela da batedeira, adicione 50 ml de Bailey’s e bata em velocidade alta por cerca de 10 minutos ou até esfriar e formar um merengue firme.

3. Você está quase lá. Agora, finalize em um copo adicionando o merengue com morangos em camadas.

4. E ainda tem um jeito de deixar tudo mais gostoso, incluindo merengue assado no copo. Para isso, aqueça o forno e coloque uma parte do merengue para assar na temperatura mínima com a porta do forno entreaberta. Retire do forno quando, ao tocar o suspiro com o dedo, a superfície estiver seca. Pronto, daí é só sucesso!

Ao beber, pegue leve. Não compartilhe com menores de 18 anos.

Publicado em Deixe um comentário

O que é vinho orgânico.

Os vinhos que estão em alta por aqui são os orgânicos, mas você sabe por que são chamados assim?

Como todos sabem, os vinhos são bebidas cuidadosamente fabricadas em vinícolas que cultivam uma ou vários tipos de uvas, e que as uvas passam por um processo até chegar às nossas mãos. Até aí parece tudo naturalmente orgânico, mas os produtores orgânicos seguem uma filosofia de cultivo que visa a melhoria do produto para o cliente, não usando nesse processo produtos industrializados ou substâncias para a melhora da vida ou sabores do vinho.

Pois é justamente na filosofia da vinícola que nascem os Vinhos Orgânicos. Inclusive o certo seria Vinho com tipo cultivo orgânico. Mais a fundo, para os vinhos serem orgânicos devem passar por uma linha de produção considerada natural, sem uso de aditivos ou adubos químicos, além de técnicas que não são consideradas prejudiciais ao meio ambiente.

E você deve estar se perguntando, e quem confere essa produção? Os produtos orgânicos, só são considerados como orgânicos se tiverem o selo de certificação, que é emitida por entidades responsáveis por verificar se os produtores estão cumprindo a produção sustentável. Essas entidades seguem diretrizes diferentes em diversos países, mas todas se preocupam com a produção sustentável e a ausência de substâncias químicas na produção. Nesse entendimento de vinhos de produção orgânica ainda temos tipos diferentes de filosofia que são: Orgânicos, Biodinâmicos e os Naturais.

Características.

São vinhos autênticos e fáceis de diferenciar dos outros. São densos e de coloração mais escura. Uma boa dica é pesquisar a origem no rótulo do produto, pois pode dizer muito sobre esse tipo de vinho.